domingo, 31 de agosto de 2008

Diz-me que sim

Fala, diz-me o que estás a pensar
Oiço, sinto o que estás a sentir
Abre, Abre a mão aos teus medos
Dá, Deixa-me estar onde estás

Diz-me que sim…
Estou aqui
Nada nos vai separar
Nem dividir
Quero estar junto a ti
Estou aqui
Diz-me que sim…
Diz-me que sim…

Quero ser o teu barco no cais
Talvez te possa levar para mim
E libertar-te neste mar de amor
Deixa-me cobrir-te o sol

Diz-me que sim…
Estou aqui…
Nada nos vai separar…
Nem dividir
Quero estar junto a ti
Estou aqui

Quando sentires que te vais perder
Sabes que não te vou deixar cair
Vou estar aqui até ao fim
Diz-me que sim
Diz-me que sim

Diz-me que sim…
Estou aqui
Nada nos vai separar
Nem dividir
Quero estar junto a ti
Estou aqui

Diz-me que sim… Diz-me que sim…
Diz-me que sim… Diz-me que sim...


1 comentários:

Joao Morgado disse...

"Nada nos vai separar nem dividir"...

Uau... isso é forte.
Parabéns. Estás mesmo feliz...

**